Experiências de vida e de amor

Tenho 21 anos e estou apaixonado por uma mulher que pensa em outro cara. Essa mulher é minha colega e, mais do que isso, é uma grande amiga que se tornou minha grande paixão. Infelizmente, cheguei muito tarde para conquistar um espaço no seu coração. E não pense que ela não sabe disso, pois tentei tudo o que estava ao meu alcance para conquistá-la. Me declarei abrindo meu coração para ela, fiz vídeo romântico expressando todos os meus sentimentos, porém tudo isso foi em vão.

O pior disso tudo não é ela gostar de outra pessoa e nem de querer “apenas” a minha amizade, mas sim, ver ela todos os dias, conversar com ela todos os dias e não poder beijá-la e nem sentir o calor do seu corpo junto ao meu. Aliás, é muito difícil, quase impossível tentar tirar ela da cabeça. Tentar esquecer o que eu sinto por ela é tão doloroso quanto não ter o seu amor. Mesmo saindo com outras mulheres, beijando outras bocas jamais consigo parar de pensar nela. Acredito que isso que estou sentindo pode ser resumido num dos sonetos do gênio Luis Vaz de Camões:

“Tudo passei; mas tenho tão presente
A grande dor das coisas que
passaram (…)”

Aprendi que a melhor a terapia para aliviar a angústia, raiva, tristeza e outros sentimentos ruins é transferir tudo isso para o papel, escrevendo tudo o que estamos sentindo e é isso que estou fazendo agora. Admito que vai demorar muito empo para superar toda a dor que estou sentindo agora e, também, levará muito tempo para a ferida aberta no meu coração cicatrizar completamente. Mas sei que uma hora isso vai passar e que é necessário deixar o tempo fazer seu trabalho e curar esse mal.

Se não posso tê-la como minha namorada, quero que ela seja feliz com quem for, mesmo sabendo que comigo ela seria mais feliz. E se dessa paixão não consegui conquistar o coração dela, pelo menos consegui evoluir como homem e consegui escrever ótimas poesias. Muito mais que ajudar a superar isso que estou sentindo, estou escrevendo pra daqui uns anos ler de novo e lembrar como foi bom viver isso.

Rafael Magalhães

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s